domingo, 18 de novembro de 2007

O NASCIMENTO


Vivo num paraíso de águas cálidas. Quente e aconchegada nada me preocupa. Todas as minhas necessidades satisfeitas, não tenho outras.

Tudo me é dado, sem esforço existo. Sinto-me protegida e confiante.

Sou o centro do meu próprio universo, o meu mundo de águas cálidas. Habito uma bolha flutuante onde em constante movimento flutuo.

Estou no ventre materno.


Uf! Que é isto, que sucede? Espremida, comprimida, sugada, atirada contra as paredes de um corredor que me esmaga e empurra... aos solavancos... ugh...agh... que foi feito do meu mundo? Sinto dores intensas... vou rebentar de tanta dor... e esta ansiedade sufoca-me.


Anh?! Que luz é esta, uma chama tão intensa que me fere os olhos? Queima-me os nervos, alastra pela cabeça e percorre todo o meu corpo... De quem são estas mãos, geladas, que me puxam? E estas vozes? De quem são estas estranhas vozes que nunca antes ouvi? Agora estão a bater-me violentamente.... Molham-me... estou gelada, brrrrrrr...

3 comentários:

blueminerva disse...

Obrigada pelas palavras simpáticas deixadas no charco.
Um abraço

Saude&BemEstar disse...

Gostei de ler o seu blog.

Tenho uma sugestão para te fazer.
Visita-me em http://prazer2sexo.blogspot.com/
Obrigada!

Princess Yavanna disse...

Já te tinha visto enquanto comentadora do blog "sexualidade.feminina".
Aqui, vejo uma extrema sensibilidade e intensidade em tudo quanto escreves.
E, sobretudo, é uma escrita absolutamente feminina :)
Beijo
Y