quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Partido Pelos Animais

"A GRANDEZA DE UMA NAÇÃO PODE SER JULGADA PELO MODO QUE SEUS ANIMAIS SÃO TRATADOS"
Mahatma Gandhi

" VIRÁ O DIA EM QUE A MATANÇA DE UM ANIMAL SERÁ CONSIDERADA CRIME TANTO QUANTO O ASSASSINATO DE UM HOMEM "
Leonardo da Vinci

"QUANDO O HOMEM APRENDER A RESPEITAR ATÉ O MENOR SER DA CRIAÇÃO, SEJA ANIMAL OU VEGETAL, NINGUÉM PRECISARÁ ENSINÁ-LO A AMAR SEU SEMELHANTE "
Albert Schwweitzer ( Nobel da Paz de 1952 )

Sandra Cóias "

05/07/2009

Artigo de Miguel Esteves Cardoso no "Público":

"Silêncio selvagem"

Foram admiráveis os elogios de Paulo Rangel aos colegas-adversários do Parlamento, por revelarem que continua pertinente o conceito de elite de Pareto – ou o conceito de pandilha do povo português. Rangel é claramente um homem civilizado. O mesmo ao quadrado digo do meu grande amigo Paulo Portas, do CDS-PP.
Nada me surpreendeu mais do que saber, pelo PÚBLICO de ontem, que essa civilização nem sempre se estende à condenação dos selvagens. Falo dos selvagens que se divertem a pôr cães perigosos (que eles próprios criaram e treinaram para serem assim) a lutar contra outros cães.
Falo dos seres desumanos que põem os cães tão nervosos e agressivos que os condenam a uma existência psicótica. E que, de vez em quando, fogem do controlo dos donos, e atiram-se a quem calhar.
Por que carga de água-de-colónia, então, é que o PSD e o CDS-PP se abstiveram no diploma que criminaliza os promotores de lutas entre animais e os donos de cães perigosos que se atiram às pessoas?
Podem explicar-me o que há de tão polémico nesta lei que castiga quem organiza lutas entre animais? E que dá alguma satisfação às vítimas dos ataques destas bestas?
A nova lei é até daquelas desconcertantes que se estranha não haver já há muitos anos.
Saúde-se o deputado do PSD Mendes Bota, o único que votou a favor. Mas não chega. Fazer bonitos com abstenções é feio quando se trata de proteger pessoas e animais uns dos outros.
E venha o Partido Pelos Animais!

- Miguel Esteves Cardoso, "Público", 5.7.2009

3 comentários:

Metamorphosis disse...

Infelizmente muita gente não quer saber dos animais, nem sequer das pessoas quanto mais dos animais.

Lilith disse...

eu quero, tu queremos, nós queremos...
é assim que funciona, compete a cada um de nós, com as pessoas com quem se cruza, passar a mensagem.

Mas diz-me, onde posso encontrar-te, sempre tão enigmático.

Metamorphosis disse...

Já tinha respondido lá no meu blog :) mas eu envio-te um email para podermos falar melhor